Clicky

Programação para quem não é programador – como aprender com facilidade

É comum recebermos comentários em nosso canal do YouTube, onde a pessoa indica que finalmente entendeu o significado de determinado conceito. Neste mesmo sentido, também recebemos retornos de nossos alunos, que indicam o mesmo.

A principal semelhança que identificamos nesses comentários, é que eles vêm de pessoas que não tem conhecimento prévio em programação. É comum encontrarmos entre nossos alunos engenheiros, matemáticos, e até mesmo médicos. Pessoas que tiveram muito pouco, ou nenhum, contato com linguagens de programação antes de nos conhecerem.

Pessoa programando

Por que parece difícil aprender?

Muitas vezes essas mesmas pessoas já haviam tentado aprender programação, ciência de dados e machine learning em outros momentos, porém esbarraram em conceitos complexos, ou o pior, em conceitos básicos, simples, mas que não foram devidamente apresentados.

Por mais simples que um conceito possa ser, se ele faz parte da base de um assunto, ele precisa ser devidamente explanado. Do contrário, quando chegamos em assuntos mais complexos, ele fará falta, e tentar misturá-lo nesta altura mais avançada do aprendizado só trará mais confusão para quem ficou com alguma lacuna.

Acreditamos que neste ponto está um dos grandes responsáveis pela dificuldade que muitas pessoas encontram para aprender a programar. É comum encontrarmos abordagens iniciais que deixam de lado explicações básicas, muitas vezes por considerar que por ser algo tão básico, todos já sabem.

Porém para quem ainda não tem nenhum conhecimento na área, os detalhes mais simples podem representar uma grande dificuldade. Esses detalhes precisam ser muito bem explicados e estabelecidos.

linguagens programação

Outro ponto fundamental é a linguagem de programação escolhida para o aprendizado. Muitas são as linguagens disponíveis atualmente, inclusive com finalidades semelhantes. É muito importante que quem está começando tenha este primeiro contato com linguagens simples e descomplicadas.

Tenha em mente que de forma nenhuma isto significa aprender algo com menor relevância, poder ou popularidade. Quando pensamos em machine learning, as linguagens de programação mais poderosas e populares são Python e R (linguagem R). Apesar de toda esta capacidade, elas são linguagens muito simples de aprender e utilizar. Este é um dos pontos que facilita o aprendizado de nossos alunos e seguidores.

A área é muito ampla

É importante ainda considerarmos que, de maneira geral, a programação é uma área complexa, com inúmeras possibilidades e onde nunca paramos de aprender. Ela está em constante evolução, fazendo com que seus profissionais também estejam. Dito isso, você pode pensar “é por isso que não consigo aprender” ou “é por isso que nem tento”, porém, este pensamento está completamente errado! Começar a programar é algo extremamente fácil!

Boneco correndo

Obviamente, desenvolver um programa que possibilita que um carro dirija sozinho não é algo simples. Inclusive, é algo que pouquíssimos programadores serão capazes de fazer. Normalmente quando pensamos em algo que não sabemos fazer, imaginamos logo a parte mais difícil. Você é capaz de competir com profissionais em uma maratona? Completar o percurso em pouco mais de duas horas? Imagino que não, a não ser que você seja um atleta. Mas, mesmo que você nunca tenha participado de nenhuma competição de corrida, após algum tempo de dedicação e treino, você será capaz de completar 5 quilômetros, alguns 10, e outros poderão até mesmo completar uma maratona, ainda sem ser um atleta.

Podemos aprender a programar para criar carros autônomos, softwares complexos, sermos profissionais do ramo, que passam 8 ou mais horas do dia fazendo isso. Mas também podemos aprender porque queremos, como um novo hobby, quem sabe para em algum momento poder usar como profissão, ou ainda como ferramenta, que potencializa outras áreas.

Se começamos a correr, ainda que não nos tornemos maratonistas, esta prática nos trará muitos benefícios. Se aprendermos a programar, ainda que não nos tornemos programadores, poderemos obter muitos benefícios, inclusive financeiros.

Como aprender

Uma das formas mais simples e eficientes de se aprender a programar, é, justamente, programando. Mas para isso, é necessário escolhermos uma linguagem de programação, e, conforme já mencionamos, são muitas as possibilidades, com inúmeras finalidades diferentes.

Blocos montatados

Com a evolução da Inteligência Artificial, ramos como o Machine Learning e a Ciência de Dados vem ganhando cada vez mais espaço, e sendo aplicados em diversas áreas. Os conceitos do Business Intelligence podem ser utilizados até mesmo no controle financeiro de nossas próprias finanças.

Desta forma, aprender as linguagens de programação utilizadas nestes ramos é algo extremamente útil, e que poderá ser aplicado por qualquer pessoa, independente de sua área. Esta é uma grande vantagem para quem está aprendendo. De nada adianta aprender a programar um carro autônomo, se isso não é algo que você quer ou precisa fazer. Agora, aprendendo R ou Python, você verá, desde as primeiras aulas, a utilidade de cada conceito, podendo facilmente aplicar seu aprendizado, seja de maneira pessoal ou profissional.

Médicos podem utilizar machine learning para identificar a probabilidade de um paciente ter, ou não, uma doença, antes mesmo do resultado do exame. Na construção civil pode-se analisar, com grande rapidez, milhares de imagens de construções, identificando aquelas que precisam de intervenção imediata. Você pode criar, de maneira muito fácil, visualizações sofisticadas, que indiquem sua renda e gastos, destacando com clareza pontos de atenção. Enfim, são infinitas possibilidades, e dificilmente alguém não verá uma aplicação prática em sua realidade.

Primeiro passo

Para sair da teoria, e hoje mesmo já começar a aprender, temos uma dica. Confira os dois vídeos abaixo. São os vídeos de apresentação de nossos cursos básicos de R e Python. Com eles você poderá entender de maneira objetiva e rápida sobre as linguagens, e concluir qual melhor se aplica para você. Caso ainda fique na dúvida, confira também a primeira aula prática de cada um dos cursos. Assim você verá os primeiros passos para programar em cada uma delas, e poderá a escolher a que você se sentir mais a vontade.

Caso você queira aprender também machine learning, clique aqui e confira nossos cursos. Focamos sempre na didática, de maneira que todos entendam cada passo realizado, com explicações claras e objetivas, falando sempre do que interessa.

cursos